Rio 2016: Hospital dos Bombeiros realiza simulado de atendimento a militares contaminados durante explosão

Rio 2016: Hospital dos Bombeiros realiza simulado de atendimento a militares contaminados durante explosão

Treinamento testou plano de contingência da unidade, avaliando desde a função dos profissionais ao fluxo dos pacientes

c Tendo em vista as Olimpíadas e as Paralimpíadas no Rio de Janeiro, o hospital do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) – Hospital Central Aristarcho Pessoa (HCAP) – realizou, na quinta-feira (28.07), um exercício simulado de  atendimento a bombeiros contaminados em serviço, vítimas de Ameaças Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares (QBRN). O treinamento foi feito na própria unidade, localizada no Rio Comprido.   A atividade contou com a participação de médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, entre outros, num universo de 70 pessoas – personagens envolvidos diretamente e profissionais responsáveis por replicar o conteúdo.

aO simulado dispôs da montagem de um hospital de campanha, com dois leitos para triagem; chuveiro de descontaminação; containers para material contaminado, entre outros itens específicos para o tipo de ocorrência. Um dos pacientes apresentou uma lesão abdominal e foi classificado como vítima vermelha (grave); o outro apresentou fratura nos membros superiores, classificado como vítima amarela (sem risco de morte). Ambos foram contaminados após uma explosão de uma bomba “suja”.

 

De acordo com o diretor técnico da unidade, coronel Roberto Miúra, a programação testou o plano de contingência do hospital; avaliando a atitude, a função e o comportamento dos profissionais; os equipamentos e recursos necessários; o fluxo interno dos pacientes e as metodologias de transferências para hospitais de referência.

– Os médicos e enfermeiros estavam devidamente paramentados com equipamentos de proteção para coordenar as ações do HCAP, de acordo com o quadro dos pacientes. O hospital tem sido uma das referências do Governo do Estado do Rio de Janeiro para o socorro hospitalar das mais variadas formas. Com freqüência, a prontidão é solicitada para as visitas de autoridades e para os grandes eventos. Não podíamos ficar de fora de um planejamento para a possibilidade de desastres antes e durante os jogos. Nossos serviços são voltados para os militares e seus dependentes – contextualizou o diretor.

 

About The Author

Emergency Live

Emergency Live é a única revista multilingue dedicada a pessoas envolvidas no resgate e emergência. Como tal, é a forma ideal em termos de velocidade e custo para as empresas comerciais para chegar a um grande número de usuários-alvo, por exemplo, todas as empresas envolvidas de alguma forma no apetrechamento de meios especializados de transporte. De fabricantes de veículos para empresas envolvidas em equipar esses veículos, a qualquer fornecedor de salvamento e resgate e equipamentos auxiliares.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*