Duas novas aeronaves chegarão a Ruanda para apoiar as operações da ONU MEDEVAC

O MEDEVAC exige grande espírito de trabalho em equipe entre equipes de ambulância e pessoal médico aeronáutico. Em 2022, Ruanda receberá duas aeronaves MEDEVAC dirigidas a operações de emergência e resgate da ONU.

Nos momentos em que o “fator tempo” é crucial, o MEDEVAC realmente faz a diferença entre vida e morte. Ruanda descartará duas novas aeronaves de evacuação médica para realizar resgates de emergência da ONU.

Áreas de conflito de baixa intensidade e operações de emergência “comuns”: MEDEVAC em Ruanda para a ONU

O Ruanda, especificamente, passou por emergências de saúde e alívio muito significativas em geral. O país liderado por Paul Kagame recebe os campos de refugiados deslocados do Burundi e da RD Congo nas áreas de fronteira. Essa cena vê confrontos entre grupos rebeldes das várias nações vizinhas.

Não é raro que emergências "comuns", como as de todo o mundo, e emergências de "conflito" determinem a necessidade do MEDEVAC. Em 2022, Kigali, capital de Ruanda, sediará essas duas aeronaves. Permitirão que a ONU realize o MEDEVAC durante operações internacionais de manutenção da paz em toda a África.

MEDEVAC em Ruanda: a nota oficial da Força Aérea dos EUA

Uma nota emitida no final de junho de 2020 pela Força Aérea dos EUA (USAF) afirma que a ATI Engineering Services LLC de Johnstown, Pensilvânia, obteve US $ 10.1 milhões para a aquisição de duas aeronaves Grand Caravan no Ruanda Cessna C-208 EX.
O contrato, que inclui um dispositivo de treinamento de vôo e outras formas de apoio, permitirá a entrega das aeronaves até 31 de julho de 2022. As duas aeronaves serão disponibilizadas à Força Aérea de Ruanda (Force Aerienne Rwandaise: FAR) para as implantações da ONU. na República Centro-Africana, Sudão, Sudão do Sul ou outras posições na África.

A eficácia das missões da ONU na área da África Central e a segurança da saúde que eles podem determinar são certamente boas notícias. Além disso, será interessante ler no futuro os relatórios sobre o MEDEVAC em cenários de territórios tão peculiares.

Toda situação pode ensinar alguma coisa e, nesse sentido, o papel de Ruanda na frente dos serviços de emergência resolvidos com o uso de aeronaves é muito importante.

Duas aeronaves MEDEVAC em Ruanda para apoiar as operações de emergência da ONU - LEIA O ARTIGO ITALIANO

LEIA TAMBÉM

MEDEVAC na Itália, principais complicações e tratamentos no transporte de pacientes críticos?

MEDEVAC na Ásia - Realizando evacuação médica no Vietnã

Ambulância Aérea e MEDEVAC na Nigéria - Eles vêm do céu, são os Médicos Voadores!

Novas câmaras portáteis de isolamento para os médicos voadores da AMREF para transporte e evacuação de pacientes COVID-19

Duas aeronaves MEDEVAC em Ruanda para apoiar as operações de emergência da ONU - SOURCE

janes.com

Comentários estão fechados.