Ebola: preparação para alerta, controle e avaliação

Este documento é resultado da colaboração dentro OMS Entre o Programa de Vigilância e Resposta às Doenças Transmissíveis (RSE) no Escritório Regional da OMS para África (AFRO) e o Alerta e resposta global (GAR) departamento na sede da OMS, com contribuições significativas do Escritório Regional da OMS para o Mediterrâneo Oriental (EMRO), o Escritório Regional da OMS para a Europa (EURO), e uma variedade de parceiros em todo o mundo.

Foi preparado com base na experiência adquirida durante o Ebola e Surto de Marburg operações de controle desde a 1995, após reuniões informais do grupo de trabalho editorial realizado em Burkina Faso (Ouagadougou), Gabão (Libreville) e República do Congo (Brazzaville) entre 2004 e 2009, com a assistência de especialistas internacionais.

Surtos de febre hemorrágica do ebola ou Marburg constituem um importante problema de saúde pública na África Subsaariana. Dos casos de 2 870 em Marburg e Ebola documentados entre junho 1967 e junho 2011, 270 (9%) eram profissionais de saúde. Para fornecer profissionais de saúde em áreas de risco com uma ferramenta de trabalho para combater eficazmente a Doença do Vírus Ebola (EVD) ou a Doença do Vírus de Marburg (MVD), o Escritório Regional da OMS para a África (AFRO), o Escritório Regional da OMS para o Mediterrâneo Oriental (EMRO), a Sede da OMS e seus parceiros produziram este documento: Ebola e Marburg

O principal público-alvo deste documento são profissionais de saúde de nível distrital (médicos, enfermeiros e paramédicos), bem como profissionais de saúde de nível intermediário e central responsáveis ​​pelo controle de epidemias e os Regulamentos Nacionais de Saúde (RSI). Pontos focais (PFN).

O objetivo deste documento é descrever medidas de preparação, prevenção e controle que foram implementadas com sucesso durante epidemias anteriores. Essas medidas devem ser implementadas durante as quatro fases seguintes:
(1) Preparação pré-epidêmica
(2) Alerta (identificar, investigar, avaliar riscos)
(3) Operações de resposta e contenção a surtos
(4) Avaliação pós-epidêmica.
epidemias de doenças virais: preparação, alerta, controle e avaliação.

Leia mais no site da OMS

 DOWNLOAD DO DOCUMENTO

Comentários estão fechados.