Incêndios e uso de drones, projeto do Google para resposta rápida a emergências

O uso de drones no combate a incêndios é uma abordagem inovadora que é de grande interesse para grandes players internacionais.

Na China, uma empresa líder no setor já montou seus próprios drones e os incluiu em alguns protocolos de procedimento, mas é preciso dizer que Big G, o gigante da rede global Google, não está exatamente de braços cruzados.

Leia também: Drone de combate a incêndios: a nova solução aérea inteligente de combate a incêndios

Drone firefighting: experimentação do Google

Usando modelos que já estão em uso na agricultura por uma década (avaliação da água e controle de pragas na liderança), o Google decidiu fazer experiências com o HSE-UAV M8A PRO, um drone equipado com um tanque de 20 litros totalmente autônomo, feito com estrutura em fibra de carbono e 6 pulverizadores.

É, claro, concebível que o modelo escolhido para o experimento seja substancialmente modificado.

O Google não é novo nessa excursão ao mundo do resgate: por meio do projeto Wing, começou há muitos anos o semelhante de entregar desfibriladores a pontos onde um paciente com ataque cardíaco é relatado.

Será interessante acompanhar a evolução desse novo campo de experimentação, para entender como o Big G afetará os procedimentos operacionais do nosso Corpo de Bombeiros.

Leia também:

Leia o artigo em inglês

Ambular, o novo projeto de ambulância voadora para missões médicas de emergência

Fonte:

Droneblog

você pode gostar também