ONG japonesa ajuda vítimas de tufão em Yolanda

TÓQUIO - Uma organização não governamental japonesa se comprometeu a fornecer bens de socorro e nos serviços médico-dentários para Famílias deslocadas 3,000 que procuraram refúgio no metrô Manila após o estrago causado no ano passado por Tufão Yolanda.
O Agência Japonesa de Desenvolvimento e Emergência (JADE), Uma ONG de Tóquio, especializada em assistência de emergência, realizará o projeto em dois domingos consecutivos, maio 24-25 e maio 31-junho 1, em Tondo, Manila, de acordo com a ONG parceira do país, Samahan ng Mamayanan - Organização da Zona Um Tondo (SM-ZOTO).

Orly V. Gallano, presidente do SM-ZOTO, disse que o projeto é uma série de esforços contínuos de divulgação do JADE para dar esperança aos sobreviventes de Yolanda que fugiram para o Metro Manila e províncias próximas após o ataque. A JADE, auxiliada pela SM-ZOTO, lançou sua operação inicial em Dagat-Dagatan, Navotas em maio 10 e 11, seguida por outra operação em maio 17 e 18 em Cavite. Hiroyuki Takita, gerente de projetos da JADE, disse que o projeto é financiado por cidadãos particulares preocupados do Japão.

Comentários estão fechados.