Mais de 26,000 pessoas afetadas por inundações em Mianmar

O estado de Chin, remoto e montanhoso e uma das regiões mais pobres de Mianmar, foi um dos mais atingidos pelas inundações em 2015. Foto: UNICEF / Mohammad Badrul Hassan

Fortes chuvas de monção desde o início de junho causaram inundações em cinco estados e regiões de Mianmar, Resultando numa Mortes 14 e afetando pelo menos as pessoas da 26,000, informou hoje um coordenador humanitário das Nações Unidas.

Os estados e regiões que agora são afetados por inundações são os mesmos que foram severamente impactados por inundações e deslizamentos de terra entre julho e agosto 2015, dito Janet Jackson, o Coordenador Residente e Humanitário da ONU em Cheias em Mianmar, em um comunicado de imprensa da ONU Office para o Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

Relatórios iniciais do Departamento de Assistência e Reassentamento do Governo indicam que pelo menos as pessoas 26,000 são afetadas Regiões de Ayeyarwady, Bago e Sagaing, bem como os estados Chin e Rakhine. Um total de mortes do 14 foi relatado pelo Departamento de Assistência e Reassentamento, fontes da mídia e Governo do Estado de Rakhine.

Os números preliminares indicam que mais de Casas 5,000 foram inundados, com mais de 280 destruído em áreas afetadas por inundações.

Em algumas áreas, as pessoas foram evacuadas para locais mais seguros pelas autoridades. Nas áreas em que o nível da água diminuiu, as pessoas puderam retornar às suas casas, enquanto outras cujas casas foram destruídas continuam em locais temporários, onde recebem apoio das autoridades locais.

Inundações causado danos às instalações de infraestrutura, Incluindo estradas, pontes, poços e edifícios comunitários, embora a extensão dos danos ainda esteja sendo analisada pelas autoridades, disse o coordenador humanitário.

Senhora Jackson notou que o Governos estaduais e regionais estão liderando a resposta realizando avaliações iniciais e fornecendo assistência, incluindo alimentos e outros materiais de socorro, às pessoas afetadas nas áreas inundadas.

No entanto, relatórios de avaliação preliminares indicam que as necessidades urgentes incluem alimentos, itens não alimentares, lonas, medicamentos e dinheiro. Os parceiros humanitários estão monitorando a situação em todo o país e estão trabalhando em estreita colaboração com as autoridades locais para apoiá-los conforme necessário, disse ela.

Jackson destacou que a ONU e os parceiros humanitários ofereceram seu apoio e já estão trabalhando em estreita colaboração com as autoridades de Mianmar nos níveis local, estadual e sindical para avaliar necessidades urgentes e apoiar a resposta humanitária.

fonte

Comentários estão fechados.