Membros da Cruz Vermelha 6 mortos no Afeganistão durante um ato deliberado de violência que tem como alvo o símbolo da Cruz Vermelha

Genebra / Cabul (CICV) - Seis funcionários do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) foram baleados e mortos no Afeganistão. Dois funcionários não são contabilizados.

A equipe, composta por três motoristas e cinco oficiais de campo, estava a caminho de entregar os materiais necessários para o gado em uma área ao sul da cidade de Shibergan, na província de Jawzan. O comboio deles foi atacado por homens armados desconhecidos.

“Este é um ato desprezível. Nada pode justificar o assassinato de nossos colegas e queridos amigos ”, disse a chefe da delegação do CICV no Afeganistão, Monica Zanarelli. “Nesse momento, é prematuro determinar o impacto desse terrível incidente em nossas operações no Afeganistão. Queremos nos reunir como equipe e apoiar-nos mutuamente no processamento desse ato incompreensível e na descoberta de nossos dois colegas de trabalho não-considerados ”, disse a Sra. Zanarelli,

“Condenamos nos termos mais fortes possíveis o que parece ser um ataque deliberado a nossa equipe. Esta é uma enorme tragédia. Estamos em choque ”, disse o presidente do CICV, Peter Maurer.

“Esses funcionários estavam simplesmente cumprindo seu dever, tentando desinteressadamente ajudar e apoiar a comunidade local. Nossos pensamentos estão com as famílias e entes queridos de nossos colegas mortos e com os desaparecidos ”, disse Maurer.

Ainda não está claro quem realizou o ataque ou por quê.

Comentários estão fechados.