Explosões em Beirute: número de mortos 78 e 2,500 feridos. Conselho Supremo de Defesa foi chamado - VIDEO

Duas explosões sacudiram Beirute. Um dos basts supostamente ocorreu perto da residência do ex-primeiro ministro Sa'ad Hariri. O número de mortos está aumentando de hora em hora.

O número de mortos atingiu 78 pessoas, de acordo com as atualizações ao vivo. As causas das explosões em Beirute ainda são desconhecidas. Duas grandes explosões foram registradas em Beirute, capital do Líbano, com 15 minutos de diferença uma da outra. Um ocorreu na área do porto e o outro nos arredores da cidade. O ministro da Saúde, Hamad Hassan, declarou que mais de 2,500 pessoas ficaram feridas.

Segundo o correspondente do Twitter do jornal Emirate The National, Joyce Karam, uma das duas explosões teria ocorrido perto da residência do ex-primeiro-ministro Sa'ad Hariri.

 

Explosões em Beirute: “um rio de entulho e vidro, um desastre”

Relatórios aterrorizantes chegam de Beirute. Prédios destruídos, escombros por toda parte e rios de vidro nas ruas.

As autoridades falam de centenas de mortos e feridos, mas temos que esperar pelos socorristas e bombeiros para colocar todos em segurança.

Terre des Hommes, uma ONG que no Líbano tem quase 150 operadoras em todo o país engajadas em programas educacionais e de proteção infantil para refugiados libaneses, sírios e palestinos, e tem sua sede em Beirute. Um dos operadores relata que as janelas de seu quartel-general explodiram, embora fique a cerca de 10 quilômetros do local das explosões.

O Governo do Líbano proclama um dia de luto nacional 

O Primeiro Ministro do Líbano, Hassan Diab, proclamou para amanhã um dia de luto nacional pelas vítimas da dupla explosão ocorrida em Beirute esta tarde, conforme noticiado pela imprensa local.

Na capital, equipes de resgate continuam em ação para tirar pessoas dos escombros e levar os feridos pelas duas deflagrações que atingiram o porto e um distrito central da capital.

 

Explosões em Beirute: Presidente Aoun pede o Conselho Supremo de Defesa

O presidente do Líbano, Michel Aoun, pediu que Conselho Supremo de Defesa para uma reunião urgente hoje à noite para avaliar a explosão dupla que atingiu Beirute na tarde desta terça-feira.

Aoun declarou que está "acompanhando de perto a evolução da situação" e que ordenou que as forças de segurança trabalhassem para responder aos danos causados ​​pelas duas explosões.

O Chefe de Estado apelou, portanto, a todas as medidas possíveis a serem tomadas para tratar os feridos e providenciar abrigo para as pessoas deslocadas.

 

Israel nega rumores: "não tivemos nada a ver com as explosões"

Imediatamente após a explosão, começaram a circular rumores nas redes sociais que assumem a responsabilidade de Israel pelo duplo incidente. Israel não teria nada a ver com as explosões no porto e no centro de Beirute, que causaram centenas de feridos e várias mortes, cujas causas ainda são desconhecidas. Isso seria considerado fontes anônimas do governo de Tel Aviv relançadas por vários jornais internacionais, incluindo o jornal libanês 'The Daily Star'.

 

EXPLOSÕES DE BEIRUTE - VÍDEO

 

LEIA TAMBÉM

Como o COVID-19 pode representar um benefício para o combate ao HIV e tuberculose na África do Sul?

Saco de terremoto, o kit de emergência essencial em caso de desastres: VÍDEO

Bombeiros e voluntários, os verdadeiros heróis do desastre de Chernobyl

 

República do Líbano

 

 

Comentários estão fechados.