China prometeu instalações anti-COVID e cancela dívidas na África

Quando a COVID atingiu o planeta, a China decidiu cancelar todas as dívidas acumuladas pela África. A decisão foi anunciada pelo presidente Xi Jinping durante uma cúpula realizada ontem em uma videoconferência com os presidentes africanos.

Os países africanos deveriam ter pago a China até o final do ano. No entanto, chefes de estado e governos da África discutiram sobre o impacto que a pandemia do COVID-19 está causando no ponto de vista da saúde, econômico e social no continente.

 

COVID-19 na África, o apoio da China

Durante a extraordinária Cúpula China-África sobre Solidariedade Contra o Coronavírus, o Primeiro Ministro da China disse que estava pronto para prestar assistência aos países mais afetados através da construção de hospitais e envio de especialistas.

Também serão disponibilizadas doses de uma vacina anti-coronavírus "como uma prioridade para os países africanos". Obviamente, assim que a preparação estiver concluída. Os bancos e instituições financeiras chinesas realizarão "consultas calmas" com os países subsaarianos. Essa ação melhoraria “desenvolver acordos para empréstimos comerciais com garantias estatais.

O Primeiro Ministro assegurou que a China “trabalhará com as Nações Unidas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outros parceiros para ajudar a África a responder à emergência do COVID-19, e o fará de acordo com a vontade dos estados”.

Finalmente, Pequim comprometeu-se a construir a sede do Centro Africano de Controle de Doenças da União Africana em Addis Abeba, capital da Etiópia. Pequim já havia anunciado sua intenção de adiar o pagamento de dívidas por países de baixa renda, uma medida que afetaria 77 estados, incluindo países africanos.

 

A China prometeu instalações anti-COVID e cancela dívidas na África - LEIA O ARTIGO ITALIANO

LEIA TAMBÉM

COVID-Organics voa novamente para o Chade, o "remédio" herbal para o COVID lançado pelo Presidente de Madagascar

Ferrovias na Índia implantam 960 ônibus para tratar pacientes com COVID em cinco estados

América Latina contra COVID: 1,650,000 casos excedidos. Mais em perigo, Brasil e Chile

COVID em Israel, resposta rápida de emergência é feita na Itália: a experiência com a ambulância de motocicleta MP3 Piaggio

 

A China prometeu instalações anti-COVID e cancela dívidas na África -

FONTE

www.dire.it

 

Comentários estão fechados.