O COVID-19 espalhou um grande matadouro na Alemanha, confirmando casos aumentados para 1,029. Medo pela comunidade

Os funcionários de um dos maiores matadouros da Alemanha enfrentam uma disseminação violenta do COVID-19. As autoridades declararam que 1,029 em 6,500 pessoas na fábrica foram positivas.

A notícia foi lançada há alguns dias, mas os números não eram preocupantes. Agora, as declarações relatam que mais de 1,000 funcionários desta fábrica na Alemanha contrataram a COVID-19.

COVID-19 invade uma fábrica inteira na Alemanha e agora o medo é alto também para toda a comunidade

O surto ocorreu em uma fábrica administrada por Tönnies, na fábrica de processamento de carne de Rheda-Wiedenbrück, no distrito de Gütersloh, perto de Bielefeld. A fábrica foi fechada por 14 dias após os primeiros relatos do surto, que registraram quase 600 casos.

Agora a situação foi declarada mais grave do que antes. Thomas Kuhlbusch, chefe da equipe de crise, declarou que todos os 6,500 trabalhadores estão em quarentena.

A maioria dos funcionários é da Romênia e da Bulgária e vive em “acomodações apertadas fornecidas pela empresa”, como relatado pela Deutsche Welle. O verdadeiro medo é para a comunidade.

O COVID-19 poderia ter sido espalhado mesmo fora da fábrica?

Mais de 3,000 trabalhadores foram testados até agora. No entanto, para ter um cenário completo, é necessário testar todos os empregadores e toda a comunidade. Muitos poderiam ter contratado o COVID-19.

No entanto, a Deutsche Welle informou que, apesar do aumento do programa de testes, as autoridades têm dificuldades em encontrar os endereços dos funcionários. Andres Ruff, diretor administrativo da fábrica, anunciou que os atrasos na entrega de dados de pessoal se deviam às rígidas leis de proteção de dados da Alemanha.

COVID-19 espalhado na Alemanha - É possível o fechamento de toda a região

O premier estadual da Renânia do Norte-Vestfália, Armin Laschet, anunciou que o surto ainda pode ser contido por meio de uma quarentena localizada. Se a situação for dramática, também poderá ser necessário um bloqueio abrangente na região.

LEIA TAMBÉM

COVID-19 em Israel. Resposta rápida de emergência é feita na Itália

COVID-19 na Índia. Estado de Mizoram estende o bloqueio e entra na 7ª fase

COVID-19 no Brasil. O pior cenário de assistência médica é superado

FONTE

Onda Alemão

Comentários estão fechados.