Índia: declarado morto, mas ele voltou à vida

Índia, 12. Out. 2015 - Um mendigo de Mumbai de 50 anos, chamado Prakash, foi declarado morto por um médico sênior e ele foi enviado para o necrotério.
De acordo com as regras do hospital, os pacientes mortos devem ser mantidos na enfermaria por um par de horas antes de serem transferidos para o necrotério, mas o médico afirmou que o homem estava em uma espécie de estado decomposto, depois de verificar seu pulso, coração e respiração.
O Dr. Suleman Merchant, reitor do Hospital Geral Municipal Lokmanya Tilak, em uma entrevista coletiva justifica o comportamento do médico, porque, segundo os exames médicos, Prakash era alcoólatra e tinha larvas no rosto e nos ouvidos.
Normalmente, quando um homem tem larvas, já deveria estar morto por dias no 6 ou no dia 7, porque eles se alimentam de tecidos humanos.
Agora, o hospital iniciou uma investigação, mas o homem está em condição estável na unidade de terapia intensiva do hospital, onde está prestes a ser curado de um problema no ouvido.

Fonte: BBC News

Comentários estão fechados.