Emergência Zâmbia - percepções baseadas na comunidade

Na Zâmbia, uma carga crescente de doenças e ferimentos agudos enfatizou a necessidade de fortalecer o sistema nacional de atendimento de emergência.

O objetivo deste estudo foi identificar as intervenções críticas necessárias para melhorar o Sistema de atendimento de emergência da Zâmbia determinando o padrão atual de atendimento de emergência vivenciado pelos membros da comunidade, identificando as barreiras enfrentadas ao tentar acessar o atendimento de emergência e reunindo soluções geradas pela comunidade para melhorar o atendimento de emergência em seu ambiente.

Métodos

Utilizamos uma metodologia de pesquisa qualitativa para conduzir grupos focais com membros da comunidade e profissionais de saúde em três províncias da Zâmbia. Vinte e um grupos focais da comunidade com total de participantes do 183 foram conduzidos no geral, divididos igualmente entre as províncias. Outros seis grupos focais foram realizados com os prestadores de cuidados de saúde da Zâmbia. Os dados foram codificados, agregados e analisados ​​usando a abordagem de análise de conteúdo.

Resultados

Os membros da comunidade na Zâmbia experimentam uma ampla gama de emergências médicas. Existe uma dependência substancial de membros da família e vizinhos para assistência, geralmente com transporte. As barreiras identificadas pela comunidade e identificadas pelo prestador de cuidados de emergência incluem transporte, deficiências dos prestadores de cuidados de saúde, falta de conhecimento da comunidade, sistema nacional de referência e protocolos policiais.

Conclusões

Criar iniciativas de educação comunitária, fortalecer o sistema formal de atendimento pré-hospitalar de emergência, implementar triagem em unidades de saúde e treinar profissionais de saúde em atendimento de emergência foram soluções identificadas pela comunidade e identificadas pelo provedor para melhorar o acesso a serviços de emergência.

 

 

FONTE

Comentários estão fechados.