Temporada de esqui de 2023: resgate alpino e prevenção de acidentes

Da preparação física à prevenção de acidentes graves

Preparação intensiva para a temporada de esqui

Com a chegada do Temporada de esqui de 2023, o italiano Corpo Nacional de Resgate Alpino e Espeleológico (CNSAS) é envolvido em preparação intensiva. Recentemente, em Soldados (província de Bolzano, Itália), um curso crucial dedicado à resgate alpino foi realizada em preparação para segurança em encostas nevadas. Este treinamento especializado é essencial para os socorristas que trabalham em estações de esqui.

Habilidades e técnicas críticas

Durante o curso, os participantes aprimoraram suas habilidades em usando veículos especiais como quadriciclos sobre esteiras e motos de neve, bem como no transporte de pacientes com akja, tanto fora de pista quanto nas encostas. Além disso, foram ensinadas técnicas médicas cruciais para lidar com acidentes comuns em montanhas. A formação confirmou o excepcional profissionalismo de Equipes CNSAS, que estará presente em vários locais durante a próxima temporada de esqui.

Riscos além das avalanches

Além do risco de avalanches, acidentes relacionados hipotermia, cai em cachoeiras de gelo e escorrega em trilhas geladas e declives continuam a ser uma ameaça constante. A variabilidade das condições climáticas do inverno torna a prevenção um aspecto crucial. Portanto, o CNSAS está promovendo programas de conscientização e treinamento para aumentar a conscientização sobre riscos e a preparação dos esquiadores.

Segurança Pessoal e Preparação

O início da temporada de esqui é um momento emocionante, mas é importante notar que sem condições adequadas preparo fisico, o risco de lesões está sempre presente. Cada ano, mais 30,000 acidentes são relatados nas encostas, com mais de 5% necessitando de assistência hospitalar. Os homens estão mais envolvidos (55.4%) do que as mulheres (44.5%), e metade dos acidentes ocorre entre menores de 30 anos.

As lesões mais comuns envolvem membros inferiores, como entorses de joelhos e fraturas de pernas. Para prevenir quedas e acidentes, é fundamental comece o treino de ginástica cedo, mesmo depois do verão, e vá pelo menos duas vezes por semana. O uso de capacete deveria ser uma prática comum entre todos os esquiadores, não apenas entre os mais jovens.

Segurança e Responsabilidade

Concluindo, ao nos prepararmos para aproveitar a temporada de esqui de 2023, é fundamental lembrar que segurança vem primeiro. O CNSAS está pronto para responder a qualquer emergência, mas a prevenção e a preparação física adequada continuam a ser as melhores formas de desfrutar plenamente da montanha no inverno. Cuidado, responsabilidade e respeito aos seus limites são a chave para uma temporada de esqui segura e emocionante.

Fontes

você pode gostar também