A República do Congo assinou o Tratado para a criação da Agência Africana de Medicamentos (AMA)

A República do Congo torna-se o décimo oitavo estado membro da UA que assinou o Tratado para o estabelecimento da Agência Africana de Medicamentos (AMA) em 15 de outubro de 2020, Adis Abeba, Etiópia.

O tratado da AMA foi adotado pelos Chefes de Estado e de Governo durante sua 32ª Sessão Ordinária da Assembleia em 11 de fevereiro de 2019 em Adis Abeba, Etiópia.

Os Estados-Membros podem assinar o tratado na Sede da Comissão em Adis Abeba, Etiópia.

A Agência Africana de Medicamentos entrará em vigor assim que for ratificada por quinze estados membros da União Africana. Instrumentos de ratificação foram depositados por três Estados membros na Comissão.

Rede da Agência Africana de Medicamentos (AMA):

A AMA servirá como o órgão regulador continental que fornecerá liderança regulatória, para garantir que haja sistemas regulatórios harmonizados e fortalecidos, que governam a regulação de medicamentos e produtos médicos no continente africano.

A Agência regulamentará o acesso a medicamentos e tecnologias de saúde seguros, eficazes, de boa qualidade e acessíveis.

A AMA fará isso através da coordenação dos sistemas regulatórios em curso, fortalecendo e harmonizando os esforços da CUA, RECs, Organizações Regionais de Saúde (RHOs) e estados membros, fornecendo orientação regulatória.

Leia também:

Leia o artigo italiano

Covid-19, África do Sul e Índia Para a Organização Mundial do Comércio (OMC): Nenhuma patente para vacinas

Fonte:

Site oficial da União Africana

Comentários estão fechados.