Candidato à presidência do Brasil morre em acidente aéreo

Um pequeno avião procedente do Rio de Janeiro e foi para a Base Aérea de Santos, caiu no bairro de Boqueirão, na cidade de Santos, matando o candidato presidencial do Brasil Eduardo Campos.

Segundo informações preliminares, o jato executivo iniciou o processo de aterrissagem na Base Aérea, mas devido ao mau tempo, teve que se arrastar depois, as comunicações foram danificadas e em alguns momentos a aeronave caiu em uma casa no bairro Boqueirão, que fica a alguns quilômetros da Base Aérea.

A aeronave tinha sete ocupantes, cinco passageiros e dois pilotos, todos morreram no acidente, ainda não foram encontradas informações sobre as vítimas que estavam na casa.

A Polícia Criminal Federal enviou três especialistas que devem chegar hoje à cidade de Santos, para auxiliar a Força Aérea na investigação. O governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, cancelou suas nomeações hoje chegando ao local no início da tarde.

Ainda é cedo para dizer a causa da queda da aeronave, o que pode ser dito é que o jato era capaz de fazer vôos com mau tempo, por instrumentos. Agentes da Aeronáutica, especialistas da Polícia Militar e da Polícia Federal investigam possíveis causas do acidente.

Comentários estão fechados.