COVID-19 no Kosovo, o exército italiano higieniza 50 edifícios e a AICS doa EPIs

O Exército italiano limpou e higienizou mais de 50 edifícios públicos no Kosovo para evitar a infecção por COVID-19. Em seguida, a Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento integrou o apoio com a doação de EPIs.

Emergência COVID-19 no Kosovo: as ações do exército italiano e a atividade da AICS

O Exército italiano forneceu uma equipe especializada composta por nove soldados do 7º Exército de Defesa CBRN (Química-Biológica-Radiológica-Nuclear) do Kosovo. Eles foram equipados com sistemas de descontaminação, equipamentos de proteção especial para roupas, respiradores FFP3 e outros equipamentos de proteção individual (EPIs).

Os soldados intervieram após o pedido do Kosovo. Eles higienizaram mais de 50 prédios públicos em 34 províncias do Kosovo durante duas semanas, intervindo em clínicas públicas e delegacias.

A Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento (AICS) integrou o apoio prestado pelos militares com a doação de EPIs à Clínica de Doenças Infecciosas do Kosovo, que recebeu máscaras, aventais e luvas cirúrgicas e desinfetante.

O Embaixador Orlando disse: “A Embaixada da Itália, a Agência de Cooperação para o Desenvolvimento e nossa Defesa trabalharam sem interrupção, fornecendo com sucesso assistência concreta. A doação se soma à anterior e ao fornecimento de todo o laboratório de microbiologia para a Clínica de Doenças Infecciosas, inaugurado recentemente como parte de um projeto dedicado ao apoio ao sistema de saúde no Kosovo “.

Emergência COVID-19, o trabalho das forças militares do Kosovo

O coronel David Colussi, chefe do contingente militar nacional em Pristina, ilustrou as atividades da equipe militar, destacando que “a cooperação bilateral entre o Exército italiano e o Ministério do Interior do Kosovo tem sido muito eficaz e está destinada a continuar com a higienização de outras estruturas e com uma sessão de treinamento a favor dos bombeiros de Pristina “.

Nos últimos meses - o comunicado à imprensa continua - o 7º Regimento de Defesa QBRN 'Cremona' estacionado em Civitavecchia foi implantado na linha de frente com outras unidades de Defesa para responder à emergência COVID-19 em diferentes regiões da Itália, bem como fornecer contingentes de suporte envolvidos em operações internacionais.

Além das atividades realizadas em favor das instituições do Kosovo, os funcionários do 7º Regimento prestaram assistência à missão KFOR da OTAN no início de maio, contribuindo para o saneamento de inúmeras estruturas militares da Aliança, enquanto uma equipe médica do Exército O Comando de Logística - conclui a nota - realizou uma análise epidemiológica do risco COVID19 na sede da KFOR.

COVID-19 no Kosovo, o exército italiano e a AICS trabalham - LEIA O ARTIGO ITALIANO

LEIA TAMBÉM

ONGs italianas e “cooperação circular” internacional em saúde, médicos anti-COVID…

A voz do AICS relata o coronavírus no Uganda. Alimentos e controle de fronteiras são os desafios

Somália, treinamento COVID 19 passa por universidades italianas: Mogadíscio em cooperação com a Itália

FONTE

www.dire.it

Comentários estão fechados.