Dois trabalhadores italianos sequestrados na Síria

(Reuters) - Dois agentes humanitários italianos foram seqüestrados na Síria, devastada pela guerra, informou o Ministério das Relações Exteriores da Itália nesta quarta-feira.

Os dois trabalhadores, cujos nomes não foram divulgados, estavam trabalhando em projetos humanitários na cidade de Aleppo, no norte da Síria, segundo o ministério, acrescentando que eles desapareceram "alguns dias atrás".

Um porta-voz do ministério não deu mais detalhes sobre os trabalhadores, dizendo que todos os canais estavam sendo explorados para tentar obter mais informações e garantir sua libertação.

 

Comentários estão fechados.