A Itália começa com a terceira dose da vacina: quem a receberá?

A nova campanha começa hoje na Itália: a terceira dose das vacinas Pfizer e Moderna. Começa com os imunocomprometidos, depois será a vez dos idosos e do pessoal de saúde

A Itália dá início oficialmente à campanha para a terceira dose da vacina anti-Covid

Conforme estabelecido nos últimos dias, após a aprovação da AIFA, a partir de segunda-feira, 20 de setembro, doses adicionais serão administradas a certas categorias que estão mais expostas ou com maior risco de doença grave de Sars-Cov2.

Os primeiros a passar pela terceira inoculação, que acontecerá apenas com os soros de mRNA da Pfizer e Moderna, serão os imunocomprometidos.

QUEM RECEBE A TERCEIRA DOSE NA ITÁLIA:

Esta categoria inclui pessoas que se submeteram a transplante de órgãos e aqueles que aguardam para fazê-lo, mas também aqueles que por outros motivos têm uma resposta imunológica comprometida: aqueles com câncer e em tratamento com terapias imunossupressoras, aqueles com AIDS grave, aqueles em diálise ou com graves falência renal.

Nas próximas semanas, será a vez dos maiores de 80 anos, pacientes em asilos e trabalhadores da saúde.

Para o resto da população, nenhuma decisão foi ainda tomada.

Em contraste com Israel, onde a campanha para a terceira dose foi estendida a todos os maiores de 12 anos.

O QUE FAZER PARA RECEBER A VACINA

Os procedimentos variam de região para região.

Em muitos casos, hospitais ou médicos entram em contato com pessoas imunocomprometidas para marcar uma consulta.

A terceira dose pode ser recebida nos postos de vacinação, no hospital ou no consultório médico.

A Região do Lácio, por exemplo, já começou a contatar pacientes transplantados por telefone.

Em outras regiões, porém, caberá aos cidadãos fazerem a reserva, como fizeram para a primeira dose.

Leia também:

Long Covid, metade dos curados no Japão com doenças persistentes

A vacina COVID-19 produz anticorpos em 90% ao tomar imunossupressores: um estudo da Escola de Medicina da Universidade de Washington em St. Louis

Fonte:

Agenzia Dire

você pode gostar também