Budapeste - Tecnologias Geoespaciais e Sensoriamento Remoto para Monitorar ODS

Este curso será realizado no Universidade Central Europeu in Budapeste, Hungria, de 4th a 9 de julho de 2016.

Isso faz parte de uma série de "Conectando as TICs e o Meio Ambiente ” workshop.
A adoção de SGDs (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) necessários faz um monitoramento detalhado, a fim de controlar seu desenvolvimento.
Após quinze anos da adoção do ODM (Objetivos de Desenvolvimento do Milênio), dados e métodos de processamento mudaram.
Por isso, torna-se importante a presença e o trabalho de tecnologias geoespaciais. Eles são capazes de oferecer um elemento de localização crucial que nos permite controlar e analisar posições e melhorar a observação.
A diferença entre a tecnologia e o mundo dos tomadores de decisão ambiental é bastante profunda e, mesmo que as tecnologias geoespaciais sejam desenvolvidas, ainda há muitos profissionais que têm dificuldades em rastrear atualizações. Torna-se difícil entender o potencial real de tais tecnologias, por exemplo, GIS (Sistema de Informação Geográfica). O objetivo é para preencher esta lacuna fornecendo cursos e ferramentas de treinamento dirigidos a profissionais e tomadores de decisão.
Os participantes serão atualizados nas últimas Oportunidades e nos avanços em tecnologias geoespaciais e sensoriamento remoto. Em particular, eles aprenderão como essas tecnologias monitorarão os ODS.
Essas novas tecnologias podem ser aplicadas a:

- Gerenciamento de água e saneamento;
- Resiliência e sustentabilidade de assentamentos urbanos;
- Conservação dos oceanos;
- Gestão da biodiversidade, florestas e ecossistema terrestre.

O workshop será organizado em duas partes respectivamente dedicados a tecnologias geoespaciais e sensoriamento remoto. Os participantes deverão escolher uma faixa para determinar sua sessão prática.

Outras informações sobre http://www.preventionweb.net/events/view/47877

Comentários estão fechados.