Incêndio destrói auditório do Memorial da América Latina e deixa 7 feridos

0

SÃO PAULO – Um incêndio atingiu o auditório do Memorial da América Latina, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo, na tarde desta sexta-feira, 29. Há pelo menos sete feridos – dois em estado grave. Ao todo, 27 viaturas do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local, na Avenida Auro Soares de Moura Andrade.

O fogo teria começado às 13h30 no Auditório Simon Bolívar, que tem 1.800 lugares, onde há uma tapeçaria de Tomie Ohtake. Brigadistas do próprio Memorial tentaram controlá-lo, mas não conseguiram e acionaram os bombeiros. Os vidros das laterais do prédio foram quebrados por causa da alta temperatura.

 

Segundo um eletricista que trabalha no local e que não quis se identificar, o incêndio começou após o curto-circuito de uma lâmpada no teto da plateia B. O curto teria começado após a ligação do gerador de energia do local, que foi acionado após uma queda de energia. Uma auxiliar de limpeza viu o problema e houve o desligamento da energia no local. Porém, como há muito material inflamável no teto do auditório, o fogo se alastrou.

O presidente do Memorial, João Batista de Andrade, disse que o alvará de vistoria está em dia. Segundo Andrade, a abóboda do prédio, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, escondeu o fogo, o que teria dificultado o início do combate às chamas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.