Minas Gerais recebeu o primeiro encontro de Bombeiros Civis do Brasil

0

No último sábado, 22 de fevereiro, aconteceu em Belo Horizonte, MG, o primeiro encontro nacional de Bombeiros Civis. O evento foi realizado pela Associação do Corpo de Bombeiros Civis de Minas Gerais, em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.

O evento contou com cerca de 200 profissionais de vários estados brasileiros como, São Paulo, Pernambuco e Paraíba. 

Durante o dia de palestras, foram abordados diversos assuntos como Resgate e Salvamento em ambiente confinado, padronização de fardamento para bombeiros civis, unificação e valorização da classe no Brasil. 
Diversos órgãos de resgate voluntário e emergências participaram do seminário, como a Força Tarefa Brasileira, a Brigada Carangola, a equipe de Bombeiros de 
Três Marias e o Canil da Defesa Civil de Osasco, que realizou uma demonstração de busca e salvamento de vítimas e cadáveres com cães.

A loja especializada em bombeiros Fire Zone Brasil, levou mais de 300 itens voltados para o público de emergências em sua viatura. A ATAC treinamentos deu uma palestra sobre APH Tático e sorteou uma bolsa de estudos para um dos participantes. 

Foram discutidos também, importantes fatos da atuação dos Bombeiros Civis, como operações voluntárias de resgate em rodovias, desastres naturais e parcerias com o poder público e privado, no intuito de perceber o aprimoramento destas ações de trabalho, em especial, a perspectiva de crescimento da instituição e as carências de instrumentalização da corporação.

Segundo a organizadora do seminário, Geralda Magalhães, esta iniciativa possibilita o entendimento das oportunidades e, principalmente, a expectativa resolutiva do enfrentamento de problemas que afligem a participação mais efetiva dos Bombeiros junto à sociedade. “Estamos nos preparando para colaborar na segurança da comunidade no período da realização da Copa do Mundo, mas é necessário nos fortalecermos na busca de parcerias e oportunidades de projeção da classe e de nossas ações”, enfatizou.

Para Mauro Oliveira, também organizador do evento, o seminário veio para unificar e fortalecer a classe de bombeiros civis, no âmbito nacional e auxiliar o poder público quando necessário. “Quem vai ganhar é a população, que sofre com a falta de um serviço de emergência, em catástrofes, chuvas e nós não estamos tendo efetivo”, completou. 

Mauro também indicou que esse foi o primeiro evento e que com certeza, nos próximos anos, serão realizados outros seminários, visando sempre a capacitação e valorização dos bombeiros civis, não só de Minas Gerais, mas do Brasil inteiro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.