Fertilidade masculina - A solução pode ser encontrada nos aminoácidos

Hoje em dia, um homem de 30 anos tem menos da metade dos espermatozóides férteis do que há 50 anos. Muitos cientistas têm certeza de que esse fenômeno é causado pela poluição e por uma dieta pobre.

No entanto, universidades de todo o mundo estudam esse assunto há 25 anos e constataram que diversos aminoácidos, vitaminas e microelementos desempenham um papel importante na qualidade dos espermatozóides. Em 82% dos estudos, foi testado que a suposição de aminoácidos e vitaminas melhora em 60% a qualidade dos espermatozóides.

Uma boa alimentação e a correta ingestão de aminoácidos e vitaminas devem ser levados em consideração mesmo que o casal esteja fazendo projeção de inseminação artificial.

Os aminoácidos essenciais para o desenvolvimento dos espermatozóides

A L-arginina é fundamental para a criação de espermatozóides, de fato a espermina e a espermidina, os principais componentes do esperma, são empregadas da L-arginina. Outros aminoácidos que influenciam a fertilidade são L-carnitina, L-cisteína e glutationa.

L-carnitina

A L-carnitina é outro aminoácido que carrega ácidos graxos dentro dos espermatozóides para garantir que a energia chegue ao óvulo. Em média, a metade dos espermatozóides dentro do esperma de um homem tem motilidade suficiente. No entanto, se o esperma ejaculado contiver uma pequena porcentagem de espermatozóides com motilidade normal (como 32%), é o caso da astenospermia. Estudos demonstraram que homens que sofrem de astenospermia podem melhorar a motilidade de seus espermatozóides assumindo L-carnitina. Um estudo italiano descobriu que se a L-carnitina for tomada em 3.000 mg por dia, a mobilidade dos espermatozóides no paciente aumenta 75% (de 10,8% para 18,0%).

Cisteína e glutationa

Esses dois aminoácidos protegem os espermatozóides da oxidação. Em particular, a glutationa é uma composição de três aminoácidos. É um dos protetores mais eficientes contra os radicais livres. A cisteína é um fornecedor de aminoácidos e é necessária para a produção de glutationa. É por isso que muitos estudos concordam que uma quantidade certa de glutationa no sangue melhora a fertilidade dos homens. Para melhorar os valores corretos de glutationa, sugere-se a N acetil cisteina (NAC).

Outro elemento útil para a fertilidade é a essência do córtex do pinheiro, que contém uma grande quantidade de proantocianadinas: eles têm propriedades anti-inflamatórias e protegem os vasos sanguíneos, ajudando os espermatozóides durante a fecundação.

A L-arginina combinada com a essência do córtex do pinheiro pode aumentar extremamente seu efeito no corpo. Além disso, a suposição de essência do córtex do pinheiro aumenta a presença da vitamina D que auxilia o sistema imunológico e a absorção do cálcio no organismo.

Estudos afirmaram que 25% dos homens que seguiram essa terapia alcançaram um espermograma normal.

Outros comportamentos diários ajudam a fertilidade dos homens:

  1. Não fume ou beba álcool
  2. Evite alguns medicamentos
  3. Evite muito calor
  4. Perder peso
  5. Coma frutas e vegetais

FONTE

Comentários estão fechados.