Resumo das emergências globais 2023: um ano de desafios e respostas

O Impacto das Mudanças Climáticas e das Respostas Humanitárias em 2023

Desastres Naturais e Impacto Climático

In 2023, eventos climáticos extremos foram testemunhados, com incêndios florestais em Canada e Portugal devastando milhares de hectares. No Canadá, ocorreram 91 incêndios florestais simultaneamente, sendo 27 deles considerados incontroláveis ​​devido a condições climáticas extremamente secas. Em Portugal, um incêndio florestal durou quatro dias, destruindo vastas áreas residenciais e agrícolas. Em Ásia, as inundações no Japão e na Coreia do Sul resultaram em vítimas e deslocamentos, com a região de Kyushu, no Japão, registrando chuvas recordes em semanas. As inundações repentinas na Índia atingiram Himachal Pradesh e Uttarakhand, ceifando pelo menos 80 vidas e marcando as piores chuvas torrenciais em 50 anos. Estes acontecimentos sublinharam a necessidade urgente de reforçar as medidas de prevenção e resposta a catástrofes.

Resposta Humanitária e Apoio Comunitário

A Cruz Vermelha Americana respondeu a um número recorde de desastres de 25 mil milhões de dólares nos Estados Unidos em 2023, ajudando milhares de pessoas forçadas a fugir das suas casas devido a fortes tempestades, inundações e incêndios florestais. Estes acontecimentos levaram a um aumento de mais de 50% no número de dormidas proporcionadas pela Cruz Vermelha e seus parceiros face à média dos últimos cinco anos. Além disso, a Cruz Vermelha distribuiu $ 108 milhões na assistência financeira direta a indivíduos afetados por desastres de diversas escalas, incluindo programas ampliados de assistência financeira para calamidades extremas como o furacão Idalia e os incêndios florestais no Havaí.

Desafios Adicionais e Necessidades Emergentes

Em 2023, a Cruz Vermelha abordou as necessidades emergentes relacionadas com a saúde da comunidade, com especial ênfase nas doação de sangue. Como principal fornecedor de sangue do país, a Cruz Vermelha trabalhou para introduzir a doação de sangue a uma nova geração de dadores, crucial para garantir um fornecimento de sangue fiável a 1 em cada 7 pacientes hospitalares que necessitam de transfusões que salvam vidas. Durante o período de verão, que registou temperaturas extremas, ocorreram numerosos cancelamentos de colheita de sangue, sobrecarregando ainda mais os abastecimentos.

Olhando para o futuro

Olhando para o futuro, é crucial continuar a apoiar o resiliência e preparação das comunidades para enfrentar os impactos crescentes das alterações climáticas. Melhorar as infra-estruturas em caso de catástrofe, aumentar a consciencialização sobre as alterações climáticas e promover o envolvimento activo de todos os membros da comunidade nas respostas humanitárias são passos críticos para um futuro mais seguro e mais sustentável. Promoção igualdade e inclusão de género nestes sectores é essencial não só para os direitos das mulheres, mas também para o desenvolvimento sustentável e a paz duradoura. Promover a resiliência das comunidades e a preparação para catástrofes, melhorar as infra-estruturas de resgate e aumentar a sensibilização para as alterações climáticas são passos essenciais para um futuro mais seguro e sustentável.

Fontes

você pode gostar também