Cientistas prevêem risco de dengue para a Copa do Mundo do Brasil

Uma febre potencialmente perigosa causada por um vírus para o qual não há vacina ou cura, a dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti quando faz uma refeição de sangue. Os médicos no ano passado soaram o alarme da dengue no torneio de junho-12-julho-13. A doença é endêmica no Brasil, que deve atrair centenas de milhares de visitantes de futebol. Escrevendo na revista Lancet Infectious Diseases, uma equipe de especialistas europeus e brasileiros analisou os números para identificar áreas de risco. Eles analisaram os padrões climáticos em tempo real fornecidos por quatro agências meteorológicas, principalmente chuvas que afetam a criação de mosquitos.

Eles compararam esses dados com 13 anos de dados de surtos anteriores de dengue no mês de junho em 553 “microrregiões” do Brasil, incluindo as 12 cidades-sede do torneio.

Comentários estão fechados.