Números de Emergência no Mundo: Diferenças e Funcionamento

Uma introdução aos números de emergência

Números de emergência são uma instituição crítica para garantir um rápido e resposta organizada a emergências, mas variam significativamente de país para país. Isto reflecte tanto as diferentes estruturas de serviços de emergência como as necessidades locais específicas. Enquanto alguns países utilizam um número único para qualquer tipo de emergência, noutros existem números específicos para polícia, ambulância, bombeiros, etc.

Números de emergência na Europa e América do Norte

A norma Europa número é 112: funciona em todos os países da União Europeia como contacto único para Polícia, Saúde Pública, Bombeiros e outros serviços. Por exemplo, em Alemanha, 112 pode ser usado para qualquer emergência; 110, em vez disso, é específico para a polícia.

No Reino Unido, 999 é usado para emergências. O sistema britânico é famoso pela sua eficiência e pela ampla gama de serviços oferecidos através destes números. Em América do Norte, o famoso 911 é o número de emergência que cobre qualquer tipo de evento. Como sistema, é também um dos mais famosos do mundo.

Variedade em números de emergência: Ásia e África

In Japão, existem dois números principais: 119 para emergências médicas e de bombeiros e depois 110 para a polícia. Este sistema separado permite o atendimento especializado de emergências, para que a chamada seja rapidamente direcionada ao serviço adequado.

China: Os números de emergência são distintos para cada tipo de serviço: 110 para o polícia, 120 para ambulâncias e 119 para serviços de incêndio. Este sistema multisserviço foi projetado para reduzir os tempos de resposta e aumentar a eficiência operacional em emergências.

In África, os números de emergência variam. 112, 911, 999 estão entre aqueles comumente aceitos em Quênia e são utilizados para qualquer tipo de emergência. Esta abordagem flexível reflecte a necessidade de acesso fácil e imediato aos serviços de emergência num contexto onde as infra-estruturas podem estar menos desenvolvidas.

Diferenças nas Américas

In América do Sul, os números de emergência também variam. Em Brasil, se precisar da polícia, você liga 190; se precisar de ambulância liga para o 192; e se precisar do corpo de bombeiros você liga para o famoso 193. Esta organização permite uma resposta direcionada e rápida das autoridades competentes.

O Caribe tem vários números de emergência. No caso de Curaçao, por exemplo, tanto os residentes como os turistas têm 911 disponível para qualquer eventualidade. Em contraste, em jamaicanoum, números 110 e 119 são utilizados: o primeiro é adequado para situações não críticas, enquanto o segundo é para emergências urgentes.

Mas acima de tudo, os números de emergência constituem, de fato, parte da segurança pública global. Cada sistema varia de acordo com as necessidades e estrutura; compreender essas diferenças é essencial não só para o residente local, mas também para o viajante internacional, que deve estar atento aos números de emergência dos países que visita.

Fontes

você pode gostar também