Avaliação randomizada pré-hospitalar de um dispositivo de compressão mecânica em parada cardíaca

RESUMO DO TESTE DA WARWICK UNIVERSITY - PARAME.DIC é um estudo controlado randomizado por cluster e avaliação econômica. Optamos por usar um projeto aleatório de cluster, porque um projeto aleatório individual teria um risco significativo de um alto nível de contaminação entre o braço de compressão manual. Em um projeto randomizado individualmente, todos os veículos participantes do estudo teriam que carregar um dispositivo LUCAS, e haveria uma grande possibilidade de que ele fosse usado para pacientes alocados à compressão manual, especialmente se a percepção dos paramédicos fosse que o LUCAS fabricou compressão torácica mais fácil e permitiu que realizassem outras tarefas com mais eficiência.

Usaremos veículos (ambulâncias e veículos de resposta rápida (RRVs)) como unidades de randomização. Os veículos serão alocados aleatoriamente antes do início do recrutamento para transportar LUCAS (braço LUCAS) ou nenhum LUCAS (braço de compressão manual). Os pacientes serão elegíveis se estiverem em parada cardíaca fora do ambiente hospitalar, o primeiro recurso de ambulância for um veículo experimental, tiverem 18 anos ou mais e uma tentativa de ressuscitação for iniciada. As exclusões são parada cardíaca como resultado de trauma e gravidez conhecida ou clinicamente aparente. As intervenções serão o uso de LUCAS para compressão torácica durante a ressuscitação ou compressão torácica manual padrão (controle). Os resultados são a sobrevivência ao hospital, a sobrevivência a 30 dias, 3 meses e 12 meses e a sobrevivência neurologicamente intacta a 3 meses (sobrevivência com pontuação da Categoria de Desempenho Cerebral (CPC) 1 ou 2). Todos os sobreviventes serão acompanhados em 3 meses, para medir a qualidade de vida relacionada à saúde, e em 12 meses, para avaliar o estado cognitivo (mini exame do estado mental), estresse pós-traumático (lista de verificação civil de PTSD) e ansiedade e depressão (Hospital Escala de Ansiedade e Depressão).

Objetivos
O objetivo principal deste estudo é avaliar o efeito do uso do LUCAS em vez da compressão torácica manual durante a ressuscitação por médicos de ambulância (paramédicos, técnicos da ECA etc.) após uma parada cardíaca fora do hospital na mortalidade no 30 dias após o evento. Os objetivos secundários do estudo são avaliar os efeitos do LUCAS na sobrevida aos meses 12,
resultados cognitivos e neurológicos dos sobreviventes e relação custo-benefício de LUCAS

 

Comentários estão fechados.