Desastres naturais: Facebook aliado ao UNICEF, Cruz Vermelha e Crescente Vermelho e PAM

Após um desastre natural, é essencial saber onde fica feliz, quantas pessoas estão envolvidas e o que claramente aconteceu.

Agora, em caso de catástrofes e emergências graves, o Facebook está prestes a disponibilizar seus dados e serviços para as maiores organizações que atuam em situações de emergência.

A parceria entre Mark Zuckerberg, UNICEF, Cruz Vermelha e Crescente Vermelho e o Programa Mundial de Alimentos permitirá compartilhar dados ao vivo para ajudar as equipes de resgate a avaliar o cenário e preparar a estratégia e os equipamentos certos para responder.

Inundações, terremotos, deslizamentos de terra, fome ou seca são muito difíceis de enfrentar, especialmente em alguns países. Nesses casos, as respostas são complicadas e exigem tempo. Eles têm que avaliar a perigosidade da cena e verificar quantas vidas precisam ser salvas. O problema é que, geralmente, os canais de comunicação como o telefone não funcionam. Somente a conexão à Internet resiste ou os links de rádio. Graças à quantidade de dados registrados pelo Facebook, é possível entender quantas pessoas estão em perigo, quem está seguro, para onde enviar veículos e suporte, etc.

“Isso faz parte da criação de comunidades seguras e continuaremos fazendo mais iniciativas como essa para ajudar a 2, escreve Mark Zuckerberg em seu perfil no Facebook.