Gerenciamento avançado de vias aéreas em campo

Dr. Mario Rugna

Caro colega, seja qual for o intubador que seja ocasional ou regular, sinta-se à vontade para enviar qualquer comentário sobre o plano e também fique livre, se achar útil, para usá-lo e compartilhá-lo. Será apreciado.

Após algumas discussões sobre quem é o proprietário do vias aéreas (veja os comentários no post Paralytic é a resposta em Blog EMPills) Encontrei este comentário:

Tenho que admitir: eu sou um intubador ocasional. Eu gerencio algo como Vias aéreas 10 por mês, todos eles são "não convencional", (sem sala de cirurgia, sem chance de acordar o paciente, sem chance de chamar um especialista), e geralmente tenho não há tempo para avaliar nenhum dos indicadores comuns para prever vias aéreas difíceis (o tempo costuma ser um problema raro em cenários pré-hospitalares no solo ou no ar). Metade das vias aéreas que administro são BATIDA, metade precisa de um RSI, então, que pena, também sou ocasionalmente um "usuário de agentes paralíticos". Então, eu desesperadamente preciso de um plano ”.

Mas lissen, eu tenho um!

 

Comentários estão fechados.