Paris: feroz tiroteio nos Campos Elísios - Um oficial morto

PARIS - Cerca de 9pm, Champs Élysées testemunhou um tiroteio feroz. Um homem dirigiu um carro até uma van da polícia estacionada que patrulhava a área. Ele saiu do carro e abriu o fogo contra os policiais dentro da van, matando um deles. Outros dois policiais foram feridos e o atacante foi morto a tiros.

François Hollande, presidente francês, disse que o ataque da Champs Élysées foi terrorista e prometeu mais serviços de segurança para garantir a segurança em ocasião da eleição presidencial. Ele convocou uma reunião do conselho de defesa para o 8am na sexta-feira.

O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelo ataque em uma declaração da agência de propaganda do grupo jihadista Amaq. Segundo a AFP, o comunicado dizia que o atacante era um dos grupos terroristas "belgas".

Comentários estão fechados.