Marinha dos EUA salva pessoas do 128 do Mar Mediterrâneo

Na quarta-feira passada, uma tripulação da Marinha resgatou Homens 100 de uma pequena embarcação nos mares agitados do Mediterrâneo.

Fontes oficiais dizem que homens 128, com idade entre 20 e 30, foram salvas e levadas a bordo do USS San Antonio, um navio de transporte anfíbio.

Uma aeronave de patrulha maltesa havia avistado o pequeno bote sendo golpeado pelo vento e pelas ondas. O San Antonio, que ficava a milhas náuticas da 60, respondeu ao pedido de ajuda do governo maltês. Na operação de resgate, a equipe da Marinha usou dois lançamentos de botes salva-vidas 11 para alcançar o barco de migrantes 75 milhas náuticas a sudoeste de Malta.

A marinha não divulgou nenhuma informação sobre possíveis ferimentos sofridos pelos homens resgatados. O governo maltês informou que as pessoas a bordo da embarcação eram de Somália. Eles serão transportados para o porto de Malta e entregues à guarda costeira de Malta.

O Mar Mediterrâneo foi palco de dois acidentes fatais nas últimas semanas, onde pelo menos 400 pessoas perderam a vida.

Lampedusa, uma ilha não muito longe da Sicília e a ilha mais próxima da África, tornou-se um destino para milhares de refugiados que tentam entrar na Comunidade Europeia.