Ferry afunda na Tailândia, instrutores de mergulho são os primeiros socorristas em cena

Instrutores locais de mergulho e snorkel ajudaram a resgatar trabalhadores no local do naufrágio de uma balsa cheia de turistas, que desceu ao largo da costa de Pattaya, um popular resort de praia a cerca de 130 km a leste de Bangkok na Tailândia. O Wall Street Journal revela a história de Panutcha Bunnag, um instrutor de mergulho e outros mergulhadores aspirantes da 30 que estavam a bordo de um barco de mergulho por um dia de instrução. No entanto, eles logo se viram no centro da ação. Quando o capitão do barco recebeu o pedido de socorro, ele mudou de rumo, chegando à malfadada balsa antes de qualquer outra pessoa.

“Decidi discar o número número de emergência pedir ajuda à equipe de resgate quando percebi quantas pessoas estavam com problemas ”, disse Bunnag.

Mais de passageiros da 200, a maioria turistas, haviam embarcado no ferry de dois andares: quando ainda estavam a apenas cerca de 1.5 km da ilha de Lan, ele teve problemas e começou a tomando água.

“O que pudemos ver à distância foi como um grande grupo de objetos de cor laranja na água”, explicou Bunnag. Os objetos laranja que ela viu eram passageiros balançando em coletes salva-vidas.

“Tiramos as pessoas da 71 da água; quatro ficaram gravemente feridos ”.

Segundo o último relatório policial, seis passageiros, incluindo três tailandeses, um chinês e dois russos, morreram. Pelo menos os outros 25 ficaram feridos e seis ainda estão recebendo atendimento médico nos hospitais de Pattaya.

De acordo com as hipóteses iniciais apresentadas pelas autoridades tailandesas, a balsa atingiu uma rocha, mas os passageiros entraram em pânico e seu movimento repentino causou o ferry turístico para perder o equilíbrio e tomar água até tombar e afundar.