Tratamento da dor em trauma torácico contuso

“GESTÃO DA DOR NO TRAUMA TORÁCICO NEGRO” (BTT) UMA AVALIAÇÃO DO RESULTADO BASEADA EM EVIDÊNCIAS
2ND REVISÃO - 2003
Copyright 2004 - Associação Oriental para a Cirurgia do Trauma

DECLARAÇÃO DE PROBLEMAS E PERGUNTAS A SEREM RESPONDIDAS

Os estudos das consequências e do tratamento do trauma torácico fechado (BTT) permanecem prejudicados por uma definição patológica variável da doença. As entidades tipicamente classificadas como BTT incluem lesões da parede torácica, como fraturas de costelas, tórax instável e contusão de tecidos moles; lesões intrapleurais, como hemotórax e pneumotórax; lesões pulmonares do parênquima, como contusão pulmonar e laceração pulmonar; e finalmente lesões mediastinais, como lesão cardíaca contundente. Para os fins desta revisão baseada em evidências, estamos preocupados principalmente com as lesões na parede torácica que produzem sua morbidade por meio da dor e seu comprometimento ventilatório mecânico associado. Assim, o trauma torácico fechado (BTT) é definido aqui para incluir o trauma de tecidos moles e lesões no tórax ósseo, como fraturas de costelas e tórax instável.

[document url = ”https://dl.dropboxusercontent.com/u/27913201/Pdf/thoracic-blunt-trauma-pain-management.pdf” width = ”600 ″ height =” 800 ″]

Comentários estão fechados.