Um forte terremoto atingiu a Albânia hoje à noite

Um choque de magnitude 6.4 ocorreu 30km a oeste de Tirana, perto de Durres. Centenas de pessoas estão desaparecidas. É um dos terremotos mais poderosos da história do país.

As equipes de busca e resgate estão prontas para voar na Albânia da Itália, Grécia, França e Turquia.

TIRANA - Um forte terremoto atingiu a costa albanesa na 4, hoje à noite. Já causou seis mortes e mais de ferimentos no 120, mas o número deve aumentar. O terremoto, seguido de vários tremores secundários, mesmo muito intensos, teve uma magnitude de graus 6.4 na escala Richter e foi desencadeado a uma profundidade de quilômetros 10, com seu epicentro 30km a oeste de Tirana, na área de Durres. Não houve ondas anormais, mas o terremoto foi sentido na Itália, Grécia, Croácia e Kosovo. No momento, seis pessoas foram mortas e o 300 ficou ferido, mas dezenas de edifícios desabaram. Muitas comunicações foram interrompidas. Atualmente, apenas o serviço de rádio garante a coordenação dos socorristas da região. O sistema de busca e salvamento albanês, o serviço 112, Bombeiros e Defesa Civil foram ativados. A pequena nação dos Balcãs vem modernizando o sistema geral há anos e está em uma grande rede com os Serviços Europeus.

O segundo choque de magnitude 5.4 ocorreu esta manhã no 7, causando novos colapsos. As equipes de resgate estão tentando de todas as formas alcançar os feridos localizados sob os escombros. A unidade de crise da Farnesina foi ativada para verificar o co-envolvimento dos cidadãos italianos nos colapsos. Itália, França, Turquia e Grécia já possuem procedimentos para enviar apoio à Proteção Civil e unidades especiais do USAR para lidar com as pesquisas que faltam.

Fonte das fotografias: Twitter