Variante “Mu”, primeiro caso detectado no Japão: primeiro caso na Colômbia

A nova variante, 'mu', do coronavírus foi identificada pela primeira vez na Colômbia

Variante Mu no Japão, Ministério da Saúde confirma

A variante 'Mu' do coronavírus Covid-19, identificada pela primeira vez na Colômbia, foi isolada pela primeira vez no Japão em duas mulheres que retornavam dos Emirados Árabes Unidos e do Reino Unido, respectivamente, de acordo com o Ministério da Saúde em um comunicado.

A detecção da variante nas duas mulheres, já confirmada em julho, mas agora divulgada pelas autoridades sanitárias, ocorreu no Aeroporto Internacional de Tóquio Narita.

Ambas as mulheres parecem assintomáticas.

A variante Mu para a OMS:

De acordo com a OMS, Mu tem mutações que têm o potencial de escapar da imunidade fornecida por uma infecção ou vacinação anterior por Covid-19.

“'Mu' - também conhecido pelos cientistas como B.1.621 - foi adicionado à lista de variantes 'de interesse' da OMS em 30 de agosto.

A variante contém mutações genéticas que indicam que a imunidade natural, vacinas atuais ou tratamentos com anticorpos monoclonais podem não funcionar tão bem contra ela quanto contra o vírus original, disse a OMS, mas também apontou que esta variante requer mais estudos para avaliar se estes hipóteses podem ser confirmadas e se essa mutação se mostrará mais contagiosa do que as conhecidas até agora.

Leia também:

Itália, pediatras alertam: 'Variante delta coloca crianças em risco, elas devem ser vacinadas'

Pfizer anuncia resultados de estudo de terceira dose: 'Higher Antibodies Against Delta Variant'

Fonte:

Agenzia Dire

você pode gostar também