Putin declara que a Rússia possui a vacina COVID-19. 1.2 bilhão de doses reservadas por 20 países

“Temos a vacina para COVID-19”. As notícias de última hora chegam da Rússia. A vacina do coronavírus está quase pronta e para o presidente russo, Vladimir Putin, a vacina anti-COVID testada em Moscou é tão “segura e pronta” que pode até ser administrada em sua filha.

COVID-19 VACCINE, RÚSSIA DEIXA DO MUNDO SEM FALA

Ele próprio anunciou, no entanto, sem pensar nas reações adversas das empresas farmacêuticas que contestavam a não conclusão dos testes. Mas pelo Vladimir Putin, a vacina COVID-19 “Passou em todos os testes necessários. O importante é garantir sua total segurança e eficiência ”.

O presidente não esclareceu qual das duas filhas, entre Maria e Katerina, foi administrada, porém informou que a menina “participou do julgamento”.

Após a administração, aparentemente “a temperatura subiu para 38 graus, depois caiu para pouco mais de 37 graus no dia seguinte”.

O QUE MAIS SOBRE A VACINA CONTRA COVID-19?

A vacina foi desenvolvida pela Instituto de Pesquisa Gamaleya em Moscou, e no início de agosto, os responsáveis ​​pela vacina anunciaram que estavam bem avançados nos testes, mas ainda precisavam de vários testes.

A Ministério da Saúde na ocasião, antecipou que a vacinação em massa está marcada para outubro, “assim que os testes forem concluídos. A Federação Russa tem mais de 800,000 pessoas infectadas e 15,000 mortos, de acordo com dados do Organização Mundial de Saúde (OMS), números que colocam o país no topo da lista dos países mais afetados pela pandemia.

Após o anúncio de Putin, o Presidente das Filipinas Rodrigo Duterte expressou grande entusiasmo e se ofereceu para receber a droga: “faça comigo primeiro, eu concordo”, disse o chefe de estado.

COVID-19, SOBRE A OMS VACINA CAUCIOSA COM A RÚSSIA

A Organização Mundial da Saúde, OMS, acolheu o anúncio com cautela, afirmando que o Vacina russa terá que passar no terceiro teste da comunidade científica internacional.

Nesse ínterim, entretanto, e portanto em poucas horas, a Rússia já recebeu reservas de vacinas para 1.2 bilhão de doses de 20 países diferentes.

LEIA O ARTIGO ITALIANO

FONTE

www.dire.it

Comentários estão fechados.