Nigéria, ataque a uma escola islâmica em Tegina: 150 alunos sequestrados

Nigéria, 150 alunos de uma escola islâmica sequestrados: segundo o jornal 'This Day', os sequestradores chegaram de motocicleta, separaram as crianças mais novas dos meninos e levaram-nas embora

Segundo algumas fontes, 150 alunos foram sequestrados durante um ataque por um comando de homens armados a uma escola islâmica em Tegina, uma cidade no centro da Nigéria

De acordo com o jornal 'This Day', os agressores chegaram à área às 4.30hXNUMX de ontem em motocicletas e uma pessoa teria ficado ferida em um tiroteio.

Os alunos sequestrados frequentavam a Escola Salihu Tanko Islamiyya, uma escola particular fundada por um funcionário aposentado, que também fica perto de uma delegacia de polícia.

De acordo com This Day, os agressores separaram as crianças mais novas das mais velhas e levaram as últimas embora.

A escola era frequentada por alunos com idades compreendidas entre os seis e os 18 anos, rapazes e raparigas.

Tegina está localizada no estado de Níger, a poucos quilômetros da cidade de Kagara, onde 27 outros estudantes foram sequestrados em 27 de fevereiro.

Nos últimos meses, houve vários sequestros de alunos na Nigéria

Em alguns casos, alunos foram libertados após negociações e pagamentos de resgate, levando a controvérsias e confrontos políticos sobre segurança.

Leia também:

Tornando-se Enfermeira na Nigéria: Curso de Treinamento, Salário e Perspectivas de Carreira

O poder das mulheres na Nigéria: em Jagawa, mulheres pobres pegaram uma coleção e compraram uma ambulância

Fonte:

Agenzia Dire

você pode gostar também