Covid, Alemanha afetada pela quarta onda considera terceira dose para todos

Alemanha: Alguns Länder alemães transferiram pacientes da Covid para outros hospitais fora da região devido à saturação de algumas unidades de terapia intensiva

Alemanha abre terceira dose da vacina Covid para todos

Isto é de acordo com uma conferência de imprensa na qual o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, concordou com as autoridades de saúde terrestre em estender a dose de reforço da vacina Covid a todos, seis meses após receber a última dose.

“A quarta onda está aqui e está batendo com toda a força”, disse Spahn, acrescentando que a dose de reforço “serve para parar esta onda”.

Alemanha, a situação na frente de Covid

O país registrou 37,120 casos nas últimas 24 horas, segundo dados do Instituto Robert Koch, a incidência subiu para 169.9 casos por 100,000 mil habitantes e supera o recorde do dia anterior. Para aqueles que não estão totalmente imunizados, o RKI define o risco de 'alto' a 'muito alto'.

A Alemanha imunizou 67% da população elegível, o equivalente a 112.8 milhões de doses administradas, de acordo com dados do Ministério da Saúde atualizados até a data em 5 de novembro.

Alguns Länder alemães transferiram pacientes da Covid para outros hospitais fora da região, devido à saturação de algumas unidades de terapia intensiva, que na Alemanha aumentaram nos últimos anos em quase 40%, atingindo 31.8 vagas por 100,000 habitantes, o maior número da Europa, lugares colocados nos 1260 hospitais equipados para reanimação.

Não é por acaso que Spahn disse, 'aqueles que acreditam que o vírus não é ruim e estão hesitantes ou inseguros sobre a vacinação, bem como pessoas jovens, saudáveis ​​e não vulneráveis, devem conversar com a equipe de saúde em unidades de terapia intensiva'.

Leia também:

Miocardite em crianças? 'Mais provável de infecção Covid do que vacina'

Comprimido para tratar Covid também da Pfizer: '89% eficaz contra hospitalização ou morte '

Fonte:

Agenzia Dire

você pode gostar também