Primeira vacina contra malária aprovada pela OMS

Vacina contra a malária: a doença mata cerca de meio milhão de pessoas todos os anos, quase todas na África Subsaariana

OMS aprova vacina contra malária pela primeira vez

A Organização Mundial da Saúde (OMS) deu hoje luz verde pela primeira vez a uma vacina contra o Plasmodium, doença que mata cerca de meio milhão de pessoas todos os anos, quase todas na África Subsaariana.

A droga, produzida pela multinacional GlaxoSmithKline, ativa o sistema imunológico infantil contra o Plasmodium falciparum, um dos cinco patógenos, o mais letal e também o mais prevalente na África.

De acordo com o Diretor-Geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, “este é um momento histórico”.

Durante uma coletiva de imprensa em Genebra, ele acrescentou: “Este tão esperado soro da malária é um passo em frente para a ciência, a saúde infantil e o controle da malária.

Leia também:

Malária, grandes esperanças com a vacina contra burquinês: eficácia em 77% dos casos após os testes

Emergência extrema: lutando contra surtos de malária com drones

Fonte:

Agenzia Dire

você pode gostar também