Tunísia, mão biônica impressa em 3D: cresce conforme a criança amputada cresce

Tunísia, a startup Cure Bionics, do jovem Mohamed Dhaouafi, está desenvolvendo uma mão biônica impressa em 3D movida a energia solar para amputados na África. Composto por cubos semelhantes aos do Lego, cresce adaptando-se ao crescimento físico da criança à qual é aplicado.

Mohamed Dhaouafi, fundador e CEO da Cure Bionics, frisou: “Comparadas com o que existe no mercado, as próteses que estamos desenvolvendo são muito mais inteligentes porque estamos tentando integrar o aprendizado de máquina em nosso algoritmo para facilitar o reconhecimento dos sinais musculares do usuário.

Também é mais leve porque é personalizável em impressão 3D ”.

Mão Biônica, um projeto 100% Made in Tunisia

Dhaouafi projetou o protótipo quando era estudante de engenharia, e ele é 100% feito na Tunísia.

“Os desafios são muitos: administrativos, jurídicos, financeiros, principalmente no setor médico e de hardware.

Há também o aspecto da importação de componentes e dificuldades no pagamento online - disse ele -.

Esses são os problemas que encontramos todos os dias de nossa aventura.

Eu ainda decidi ficar na Tunísia e desenvolver a Biônica.

É mais do que um desafio pessoal porque existem milhares de pessoas em todo o mundo que precisam do que desenvolvemos aqui.

A Cure Bionics espera comercializar suas primeiras mãos biônicas dentro de alguns meses, primeiro na Tunísia e depois no resto do continente.

O aparelho funciona com sensores conectados ao braço que detectam os movimentos musculares e um software auxiliado por inteligência artificial que os interpreta para transmitir instruções às figuras.

A própria mão tem um pulso que pode girar para o lado, um polegar mecânico e dedos que dobram nas articulações em resposta a impulsos eletrônicos.

Leia também:

Coronavírus na Tunísia máscaras prontas em 2 minutos

Leia o artigo italiano

Fonte:

África Rivista

Comentários estão fechados.