Emergency Extreme - The visit of Pope Francis ship in the heart of Amazon Forest

O Papa Francisco não é apenas o nome do papa atual, mas também o nome de um navio-hospital com características únicas.

Como você pode imaginar, o nome 'Papa Francisco' no barco é uma dedicação ao papa atual. Por outro lado, inspira-se no projeto, determinado precisamente por Francis Bergoglioe à sua ajuda efetiva na doação de uma ecografia.

Outra característica diz respeito ao local onde navega: ao longo do rio Amazonas, para alcançar as aldeias mais remotas, localizadas no estado brasileiro de Parà, habitadas principalmente por povos indígenas.

Papa Francisco: Para onde?

O navio faz parte de uma iniciativa da Fraternità Francesco d'Assisi na Provvidenza di Dio, que construiu dois hospitais nas localidades de Obidose e Juruti.

O governo brasileiro financiou os movimentos do navio, que atribuíram a este projeto os lucros devidos ao reembolso coletivo de danos morais que deviam ser pagos pelas empresas Shell e Basf SA

O navio-hospital Pope Francis tem 32 metros de comprimento e está equipado com equipamento de diagnóstico, tratamento e hospitalização. Oferece tratamento para diversas doenças, como oftalmologia, odontologia, cirurgia, radiografia, mamografia, cardiologia e aquelas que requerem análise laboratorial.

Nascido nos estaleiros de Fortaleza, o Papa Francisco, se não estiver viajando, está ancorado no porto de Óbidos: entre as seções executadas e as planejadas, servirá uma bacia potencial de 700 mil pessoas, espalhadas em cerca de 1,000 locais, viajando por dez. dias para cada missão.

Uma dúzia de pessoas a bordo como tripulação e vinte entre médicos e profissionais de saúde. Entre eles também estão os italianos membros da “Mattoni di gioia”, que operam há muitos anos no Brasil.

Um terceiro recurso também é interessante: o O navio Pope Francis está idealmente preparado para telemedicina.

Isso está causando feedback contínuo entre operadores a bordo e colegas de vários hospitais, o que está ocorrendo. Uma vontade que aumenta as habilidades (e consequentemente ajuda o paciente) significativamente.

Uma iniciativa maravilhosa, você não acha? Enfrentando emergências em lugares tão remotos. Mas existem muitos operadores a poucos passos de distância de nós, que contribuem para transformar de maneira maravilhosa o cotidiano daqueles que criaram o Rescue e ajudam sua chave da existência.

LER OUTRO ARTIGO DE NOSSA COLUNA “EMERGÊNCIA EXTREMA”

Extreme de emergência: combater surtos de malária com drones