Coronavírus no Japão, um robô emite raios UV anti-COVID em meios de transporte público

COVID-19 e raios UV. A Universidade de Okayama realizou um robô capaz de emitir raios ultravioleta (UV) nos meios de transporte público.

Esta universidade já é especializada na manutenção de bondes, ônibus e outros meios de transporte público. Agora, a nova inovação vem graças a um robô que eles realizaram para melhorar as condições de saúde dos passageiros em todo o Japão e reduzir o contágio do COVID-19.

Um robô emite raios UV nos meios de transporte público no Japão para reduzir a propagação do COVID-19.

A Ryobi Techno Co., uma empresa do Grupo Ryobi, desenvolveu um robô com o objetivo de oferecer uma maneira eficaz de combater e impedir a propagação do COVID-19.

Os raios UV utilizados têm um comprimento de onda menor que as luzes ultravioletas padrão. Por esse motivo, a pesquisa científica concorda que eles são eficazes para tornar a carga viral de vírus e bactérias nula e sem efeito. Kojima, porta-voz do grupo, afirmou que desenvolveu esse robô para que a sociedade, mesmo em meio a uma pandemia, possa permitir que as pessoas se movimentem com segurança.

COVID-19 e outros vírus: os raios UV serão usados ​​por outros países?

Ainda há tensão sobre o problema de vivermos juntos em tempos de coronavírus. Muitos países, em diferentes lugares do mundo, estão trabalhando duro para enfrentá-lo e resolvê-lo.

O tema dos meios de transporte público na era COVID-19 também é muito importante na Itália, agora que as atividades de trabalho são retomadas em muitos setores. E vai piorar com a reabertura das escolas.

Portanto, nessa perspectiva, a solução adotada no Japão também pode ser útil em outras partes do mundo.

LEIA O ARTIGO ITALIANO

LEIA TAMBÉM

Você lava as mãos corretamente? Uma inteligência artificial japonesa vai dar uma olhada

COVID-19 no Japão, equipe de acrobacias da Blue Impulse agradece médicos e equipe médica

Casos de COVID-19 aumentaram em Tóquio, agora o Japão teme uma segunda onda de emergência

O Japão lançou kits de teste rápido de antígeno para detectar infecções por coronavírus

FONTE

www.dire.it

Comentários estão fechados.