América Latina contra COVID-19: 1,650,000 casos excedidos. Mais em perigo, Brasil e Chile

O número total de casos infectados na América Latina e no Caribe ultrapassou 1,650,000, com quase 8,000 vítimas confirmadas. De acordo com dados oficiais do SIR (link no final do artigo), de fato, o número total de pessoas infectadas em 14 de junho é 1,657,717 e 79,905 mortos.

COVID-19 na América Latina, números dramáticos de contágio no Brasil e no Chile

No final de semana, os dados para o Brasil pareciam melhorar um pouco, embora ainda drasticamente, altos. Ontem, os novos casos foram de cerca de 17,000, em comparação com mais de 30,000 diariamente na semana passada, com cerca de 600 vítimas.

Há também um aumento significativo no número de pessoas infectadas no Chile, onde está começando o inverno. Ontem houve cerca de 7 mil casos e cerca de 220 vítimas.

Situação na América Latina, COVID-19, país por país

Este, em detalhes, o balanço dos principais países:

  • Brasil 867,882 mortes positivas e 43,389
  • Peru 229,736 e 6,688
  • Chile 174,293 e 3,323
  • México 146,837 e 17,141
  • Colômbia 50,939 e 1,667
  • Equador 46,751 e 3,896
  • Argentina 31,577 e 833
  • República Dominicana 22,962 e 592
  • Panamá 21,418 e 437
  • Bolívia 18,459 e 611.

LINK AO ARTIGO ITALIANO

LEIA TAMBÉM

COVID-19 no Brasil, o pior cenário de saúde é superado

Estados Unidos doaram hidroxicloroquina ao Brasil para tratar pacientes com COVID-19

Brasil diante do COVID-19, Bolsonaro contra a quarentena e infecções aumentam mais de 45,000

COVID-19 na América Latina, o OCHA alerta que as vítimas reais são crianças

O apoio concreto da OMS aos migrantes e refugiados em todo o mundo nos tempos do COVID-19

A interrupção dos vôos de abastecimento pode causar surtos de outras doenças na América Latina, declara a OMS

FONTE

www.dire.it

REFERÊNCIA

Site oficial do SIR

Comentários estão fechados.