Avião militar italiano forneceu um transporte MEDEVAC de uma freira da República Democrática do Congo para Roma

Uma aeronave de entrega KC-767A da italiana Aeronautica Militare realizou a bio-contenção MEDEVAC de uma freira italiana da República Democrática do Congo, onde ela estava em missão humanitária.

O curso Transferência MEDEVAC da República Democrática do Congo para a Itália foi solicitado pela Embaixada da Itália em Kinshasa à Aeronautica Militare italiana. A freira estava realizando uma nação humanitária quando a necessidade de transporte médico para Roma se tornou necessária.

A oportunidade de realizar o transporte de bio-contenção do paciente com dificuldades respiratórias surgiu a partir da coordenação com as autoridades sanitárias do Hospital Spallanzani de Roma, onde o paciente foi internado.

MEDEVAC na República Democrática do Congo: freira italiana em missão humanitária entregue à Itália

A aeronave decolou do aeroporto Pratica di Mare pouco depois da meia-noite e pousou em Goma, na República Democrática do Congo, às 7h20, horário da Itália.

Uma vez que o paciente foi transportado a bordo, a aeronave decolou novamente e chegou ao aeroporto Pratica di Mare por volta das 16.00hXNUMX. A partir daqui, a freira foi transferida por um Força Aérea ambulância, especialmente equipado para transportar pacientes em bio-contenção.

Toda a operação MEDEVAC foi conduzida por uma equipe da 'Infermeria Principale di Pratica di Mare del Servizio Sanitario dell'Aeronautica Militare', especializada em transportes de bio-contenção da RD Congo.

Para o emergência de coronavírus, o italiano Ministro da defesa Colocado à disposição do pessoal das Instituições com meios de última geração, utilizados nos mais diversos tipos de missões, desde a busca e salvamento ao transporte e apoio às operações especiais. Todos os meios são usados ​​e autorizados para transporte em biocontenção.

O Forças Armadas desempenhar o seu papel dentro do "sistema nacional" graças à gestão constante da emergência sanitária em coordenação com o Protecção Civil Departamento e Ministério da Saúde.

Comentários estão fechados.