Mulher migrante positiva COVID-19 dá à luz no helicóptero durante uma operação MEDEVAC

O serviço médico de emergência da Sicília é protagonista de uma história com final feliz. Uma mulher migrante COVID-19 positiva dá à luz em um helicóptero durante um parto MEDEVAC na Ilha de Lampedusa.

Uma mulher migrante testou positivo para COVID-19 e ela estava em um estado avançado de gravidez. Na verdade, o parto era quase iminente. É por isso que os profissionais de saúde que cuidaram dela decidiram organizar um MEDEVAC da Ilha de Lampedusa a Palermo (Itália) para garantir um melhor atendimento.

Mulher migrante dá à luz durante transporte MEDEVAC: uma história com final feliz

O transporte foi realizado com helicóptero do serviço médico de urgências 118 da Sicília. No entanto, às vezes a fé escolhe seu próprio caminho. E quando a gravidez chega, eventos inesperados estão ao virar da esquina. O feto decidiu apressar o tempo. A mulher, portanto, deu à luz a bordo do helicóptero durante o parto do MEDEVAC. Os médicos e enfermeiras de cuidados intensivos a ajudaram no voo e a deixaram dar à luz seu filho.

Palavras de agradecimento do Conselheiro para a Saúde da Sicília, Ruggero Razza: “Para nós, o direito ao acesso à saúde é o caminho principal. Do qual não nos retiramos e não evitaremos aos outros ”.

Comentários estão fechados.