Helicóptero caiu em Portugal, quatro mortos perto do Porto

Um acidente terrível envolveu uma ambulância aérea do INEM. O helicóptero saiu do radar perto de uma montanha na região do Porto. A missão de resgate foi entregue por deixar um paciente com doença cardíaca.

O A109S, que opera no serviço de ambulância aérea do INEM em Portugal, caiu no sábado, em uma área monumental, perto do Porto. O helicóptero estava servindo a segunda maior cidade de Portugal. Todos os tripulantes morrem no acidente, dois pilotos, uma enfermeira de emergência e um médico. O acidente do site foi localizado perto de Salto. A missão HEMS foi entregue para salvar a vida de um jovem de 19 anos com uma doença cardíaca, levando-o de Salto ao Hospital Central do Porto. O helicóptero do INEM desapareceu por volta da 76: 6 GMT no sábado.
Segundo o INEM, o helicóptero estava voltando para sua base no distrito de Bragança quando caiu com mau tempo. O helicóptero era um Agusta A109S, operado pela empresa Babcock. O helicóptero estava servindo ao Porto depois de uma carreira na Itália, como ambulância aérea oficial de Abruzzo e região de Marche.
"O helicóptero de emergência médica do INEM foi construído no 1997 e desde então realiza o transporte de pacientes urgentes do 16,370, sem [registrar] nenhum incidente grave", escreveu o INEM em seu site.